Seguro viagem: O que é e para que serve?

Atualizado: 24 de Abr de 2020

person holding terrestrial globe scale model taken

Foto por Artem Bali em Pexels.com


Seguro viagem: O que é e para que serve?

É muito importante a contratação de um seguro viagem para evitar conflitos e imprevistos longe de casa.  Cada destino, pessoa e estilo de viagem demandam cuidados diferentes e na maioria das vezes ao planejar suas férias, muitas pessoas não pensam nos problemas que podem acontecer durante a viagem, assim, o seguro é uma medida de prevenção que irá diminuir os transtornos e stress causados por eventos como o extravio de bagagem, contração de alguma doença, acidentes entre outros riscos ao qual ficamos expostos enquanto viajamos. Quando algo assim acontece, principalmente fora do país de origem, quem arca com todos os custos é o próprio turista, já com o seguro viagem contratado não há necessidade para se preocupar.

Em muitos países, o seguro viagem é obrigatório, como em alguns países da Europa, devido ao tratado de Schengen, onde o turista deve ter um seguro-viagem com cobertura mínima de 30 mil euros. 27 países fazem parte desse tratado, são eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Irlanda, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Suécia e Suíça.

Também é obrigatório o seguro para viagens destinadas à Cuba com cobertura mínima de U$ 10.000,00 para assistência médica e para a Venezuela com cobertura mínima de U$ 40.000,00 para assistência médica, repatriação médica e funerária.  O governo australiano também exige que estudantes de intercâmbio tenham o seguro saúde Overseas Students Health Cover (OSHC).

Os preços do seguro variam de acordo com as coberturas contratadas e o número de dias da viagem. Quanto mais caro for o seguro, maior serão os valores de cobertura. É importante ressaltar que a diferença de um plano baixo para um plano superior é de poucos reais, por isso se deve estudar, muito bem o destino e o estilo da viagem, para escolher o seguro com a cobertura mais adequada.

É muito importante também que em caso de problemas ou emergências, que a primeira providência seja entrar em contato com a central 24 horas da seguradora contratada, assim o passageiro será encaminhado rapidamente para o atendimento mais adequado à sua necessidade. A central também fará o possível para que o passageiro não tenha nenhum gasto pessoal, fazendo as negociações de acordo com cada plano.

Os seguros estão melhorando a cada ano, principalmente com a nova resolução 315 da Susep, onde o seguro deixa de ser basicamente de acidentes pessoais (cobertura de morte e invalidez permanente por acidente) e passa a oferecer necessariamente novas coberturas obrigatórias, com mais benefícios e segurança para o consumidor.

A Resolução CNSP 315, lista também proteções facultativas do seguro viagem:

Bagagem – indenização em casos de extravio, roubo, furto, dano ou destruição da bagagem, devidamente comprovados, de acordo com o estabelecido nas condições contratuais.

Funeral – indenização das despesas, com o funeral, em caso de falecimento do segurado ocorrido durante o período de viagem.

Cancelamento de viagem – indenização das despesas não reembolsáveis com a aquisição de pacotes turísticos e/ou serviços de viagens, como transporte e hospedagem, na ocorrência de evento coberto que impeça o segurado de viajar ou continuar viajando.

Regresso antecipado – indenização das despesas com o traslado de regresso do segurado ao local de domicílio ou origem da viagem, ocasionado por evento coberto.

A participação do seguro viagem no mercado de seguros ainda é pequena, porém sua procura registra forte crescimento nos últimos anos, segundo a FenaPrevi. Com o aumento de viagens, sobretudo para o exterior, cada vez mais as pessoas estão tomando consciência da importância da contratação de um seguro viagem, ou seja, estão percebendo que isso não é um luxo e sim uma necessidade. No mês de abril/2016 R$ 2,46 bilhões em prêmios, com leve alta de 1,65% frente aos R$ 2,42 bilhões verificados no mesmo mês do ao anterior.

As Seguradoras que trabalham com seguro viagem, devem cada vez mais estimular a cultura da contratação e conscientizar a importância desta modalidade de seguros, seja para roteiros nacionais ou internacionais.

Fonte: SUSEP/FenaPrevi

Quer saber mais sobre o seguro viagem ou fazer uma cotação? Clique aqui ou acesse www.cherokeeseguros.com.br

banner viagem

#seguro #cherokeeseguros #corretordeseguros #corretor #corretores #seguros #seguroviagem

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo