5 dias para evitar curto circuito

Como sabemos, os curtos-circuitos são acidentes elétricos que podem causar sérios danos ao sistema elétrico do local. Eles são assim chamados porque representam o caminho mais curto que a corrente elétrica pode realizar em um circuito.


O curto-circuito elétrico ocorre quando há uma passagem elevadíssima de corrente elétrica em um circuito que não esteja preparado para receber tal carga. Um exemplo simples para esta situação é quando um fio metálico é colocado em uma tomada: o resultado é um curto-circuito que pode tanto ser de baixo nível como violento, com estrondos, explosões e faíscas. Vale ressaltar que o curto-circuito é um dos principais causadores de incêndios em instalações elétricas mal construídas ou mal conservadas, que possuem constante movimentação elétrica. Normalmente, erros de dimensionamento e fios desencapados são os maiores provocadores de curtos-circuitos em ambientes residenciais, comerciais e industriais.


O resultado de um curto-circuito pode ser dano ao aparelho, choques elétricos e até mesmo um incêndio.


1.Verifique as tomadas antes de usar

2. Verifique os aparelhos eletrônicos antes de usá-los

3. Reduza o uso de equipamentos eletrônicos durante tempestades

4. Solicite uma manutenção no disjuntor

5. Faça a revisão de suas instalações elétricas a cada cinco anos.


Sabia que o seguro empresarial e residencial tem cobertura para curto circuito?

Além de recuperar quando acontecer, tem assistências que irão te ajudar a previnir.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo