top of page

Você sabe como funciona o carro reserva?

O carro reserva é um conceito importante na hora de contratar o seguro auto


Imagine colidir o carro que você vai trabalhar e danificar todo o seu motor? Felizmente, você possui seguro, mas o mecânico disse que o concerto irá levar 15 dias ou mais. Ficar sem veículo é inviável e as seguradoras sabem disso. É por isso que muitas oferecem a opção de carro reserva ao segurado.


O carro reserva permite ao usuário ter acesso a um automóvel enquanto o dele está na oficina após sofrer um sinistro- ocorrência que leva a danos do veículo. Mesmo sendo um termo muito comum, esse serviço gera uma série de dúvidas no consumidor e a Cherokee te ajuda a entender o mundo dos seguros.


O que é o carro reserva?


O carro reserva é um veículo, geralmente alugado, que a seguradora empresta ao segurado. Ele pode ser usado por um período determinado, quando o veículo do segurado se encontrar indisponível após a ocorrência de sinistro.


A alternativa busca manter a rotina do usuário, além de promover a economia do consumidor com táxis ou transporte público. Afinal de contas, ao contar com o carro reserva, você poderá manter sua autonomia de transporte.


Por quanto tempo tenho direito ao carro reserva?


O mais comum é o carro reserva ficar disponível por 7 dias, porém tudo depende de como funciona o seguro de carro que você contratou.


As seguradoras podem prolongar esse tempo. Nesse segundo cenário, os períodos do carro geralmente se estendem entre 15 e 30 dias. Mas, nesses casos, pode haver cobranças adicionais no valor do seguro auto devido a cobertura extra.


Para saber por quanto tempo você poderá utilizar o veículo reserva é só consultar sua apólice. Lá aparecem todas as regras e taxas por uso prolongado. Outra forma é conversar com seu corretor de seguros sobre o assunto. Aqui na Cherokee temos uma equipe de corretores especializados para melhor atendê-lo (a)!


Quando terei direito ao carro reserva?


O uso do carro reserva é disponibilizado em caso de perda parcial, perda total, roubo ou furto. Em outras palavras, em todos os sinistros que a sua apólice cobrir.


  • Perda parcial do veículo segurado:

Uma perda parcial ocorre quando o veículo sofre danos de até 75% do valor do carro. Nessa situação, ele é levado à oficina para conserto.


Aqui, o carro reserva pode ou não ser disponibilizado por todo o período. Vale destacar que em uma perda parcial, o motorista precisa pagar a franquia- valor que cabe ao segurado pagar à oficina- do seguro.


  • Perda integral do carro:

A perda total do carro acontece quando os danos do veículo são superiores a 75% do valor do carro. Nessa situação, a posse do automóvel será repassada à seguradora.


Em contrapartida, o usuário receberá uma indenização integral de valores para a compra de um novo carro. Não é cobrada a franquia no seguro auto de perda total.


Em casos de roubo ou furto, o consumidor precisa registrar um Boletim de Ocorrência na polícia. Se o veículo for recuperado pela polícia em menos de 30 dias, o segurado pode consertar suas avarias e voltar a utilizá-lo. Se ele não for recuperado, ou se não for possível consertá-lo, será feito o pagamento da indenização total. Nesse meio tempo, a seguradora poderá oferecer o carro reserva, segundo o prazo da apólice.


Qual o tipo de carro que terei acesso como reserva?


A seguradora oferece como auto reserva um carro básico, sem direção hidráulica ou ar-condicionado.


Ainda assim, caso prefira um carro mais completo, o segurado pode negociar junto à seguradora.


Quando essa alternativa é possível, o valor cobrado para a contratação da cobertura adicional é mais alto, mas tudo depende da forma de como funciona o seguro que você contratou.


Como faço para usar o carro reserva?


Após contatar a seguradora sobre o sinistro, as informações de como retirar o carro reserva serão passadas.


No geral, a empresa indica a locadora na qual o veículo deverá ser obtido, já que não se trata de um carro de seguradora. É importante ressaltar que as locadoras de veículos podem ter suas próprias regras para disponibilizar o carro reserva.


Trabalho com o carro que foi roubado. O carro reserva pode ser utilizado para trabalho?


O carro reserva é liberado apenas para uso pessoal e não de trabalho. Essa informação precisa ser checada junto com a seguradora e com a locadora de veículos, verificando os termos estabelecidos.


Se a sua necessidade for pelo veículo de trabalho, melhor será negociar essa informação logo na contratação do seguro.


O reparo do meu veículo demorou mais do que o planejado. Posso ficar com o carro reserva por mais tempo?


Normalmente o uso prolongado do veículo não é possível, pois não depende do tempo que a seguradora tem para consertar o veículo.


O automóvel só fica disponível apenas pelo tempo estabelecido na apólice. No entanto, pode haver algumas exceções, que devem ser checadas e ou negociadas diretamente com a seguradora. Para a seguradora, a comodidade do cliente vem em primeiro lugar.


Se o seu veículo ainda não possui seguro, aproveite para fazer a cotação e estabelecer as condições do carro reserva. Esse e outros adicionais podem ser bastante interessantes para a proteção do seu veículo. Aqui na Cherokee você encontra produtos das seguradoras mais conceituadas do Brasil. Não perca essa chance e faça a sua cotação online agora mesmo!



Referências:


ELAINA, Jeniffer. Saiba tudo que precisa sobre o carro reserva no seguro auto. 2021. Disponível em: https://www.smartia.com.br/blog/2018/02/27/carro-reserva-no-seguro-auto/. Acesso em: 09 set. 2022.





63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page